Armazenagem: como melhorar esse processo na sua empresa

Supporte Logística | 10 de janeiro de 2019 | Armazenagem, Gestão

O armazém é peça fundamental para uma empresa. Ele, aliado a uma boa gestão do estoque, é o que garante que os materiais sejam guardados e permaneçam em boas condições, evitando que itens sejam danificados ou extraviados, gerando prejuízos para o negócio.

Engana-se quem pensa que esse espaço é feito apenas de um galpão e uma certa quantidade de prateleiras. Para a armazenagem ser correta, é preciso conhecimento, tecnologia, organização e planejamento. Quer entender melhor o motivo e ainda saber como transformar o armazém da sua empresa? A Supporte explica para você. Confira!

Armazenagem

Se você está começando uma empresa agora ou mesmo se está querendo mudar a forma de guardar os itens produzidos no seu negócio, é importante saber que existem hoje três modelos de armazenagem que são mais utilizados. Conheça e defina o que é melhor para você:

  • Armazenagem própria
    Como o nome indica, é uma modalidade em que a própria empresa faz todo gerenciamento do armazém. Pode ser acoplado à sede ou fábrica, mas geralmente fica em centros de distribuição que são estrategicamente posicionados para facilitar o escoamento da produção.

    É importante lembrar que nesse caso os gastos são altos, exigindo, por exemplo, mão de obra, espaço e manutenção, então antes de adotar o sistema de armazenagem própria, é preciso analisar se realmente vale a pena para o negócio optar por esse modelo.

  • Armazenagem terceirizada
    Aqui, todo o trabalho ligado à estocagem e distribuição é de responsabilidade de uma empresa especializada nesse tipo de serviço. Ou seja, o contratante não precisa se envolver nas atividades relacionadas ao escoamento dos seus produtos. Esse modelo costuma ser bastante vantajoso, já que os custos operacionais, como mão de obra, espaço e equipamentos, costumam ser altos, e nesse caso passam a ser da empresa contratada.
  • Armazenagem contratada
    No modelo de armazenagem contratada, a empresa faz a locação de um espaço para o depósito das mercadorias de um terceiro e utiliza seu próprio pessoal para gerenciar as atividades relacionadas à estocagem.

Importante
Analisar a situação da sua empresa é essencial para definir qual é o modelo mais indicado para seu negócio. Veja alguns itens que devem ser considerados:

  1. Custos
    A otimização de custos é um desafio constante nas empresas. Para isso, um acompanhamento constante se torna essencial. Antes de escolher um dos modelos, coloque todos os gastos da operação na ponta do lápis para enxergar melhor a viabilidade de optar por cada um dos modelos.
  2. Limitações
    Crescer e expandir as operações é um passo importante para uma empresa. Porém, essa deve ser uma decisão bem pensada para evitar prejuízos. Lembre-se, por exemplo, que se optar pela armazenagem contratada, provavelmente terá um contrato mínimo de locação do galpão e terá que arcar com multas em caso de cancelamento antecipado. Ou ainda investir na construção pode ser algo caro, sem falar nos outros custos relacionados, por exemplo a mão de obra que terá que ser contratada para a gestão e ainda os equipamentos, como impressoras, leitoras de códigos de barras e até empilhadeiras. Por isso, é importante analisar cada ponto com cautela.
  3. Produtividade
    Esse é outro fator que não deve ser desconsiderado, afinal é a essência para sobreviver em um mercado competitivo. Então, não deixe de considerar sempre os ganhos e perdas ao escolher um modelo de armazenagem para a sua operação.

Galpão

Se você optou pela armazenagem própria ou contratada, deve saber que o layout do galpão pode influenciar diretamente nas atividades do dia a dia. Por isso, leve em consideração alguns pontos antes de tomar essa decisão, como o espaço disponível para circulação, já que as máquinas precisarão de corredores e áreas livres para manobrar. Além disso, a localização das portas é outro item que merece atenção, afinal elas não podem ser de difícil acesso ou ficarem obstruídas.

Na hora de organizar, você pode escolher o que mais se adequa ao seu tipo de negócio. Os produtos podem ser categorizados por giro, semelhança, tamanho ou compatibilidade. Independente da forma escolhida, é importante que todos os funcionários estejam cientes da forma em que tudo está sendo colocado para manter um padrão e evitar dores de cabeça na hora de localizar determinado item.

A tecnologia é uma aliada

Como dito, a armazenagem é um processo que pode exigir gastos, principalmente quando o assunto é modernização. Engana-se quem pensa que esse processo não pode ser melhorado com a ajuda da tecnologia. Veja alguns dos vários benefícios que ela pode trazer para os serviços dentro dos galpões da sua empresa:

  • Otimização dos espaços
    Fazer o espaço “render” é importante para que as atividades sejam executados com mais facilidade. Para isso, a automatização na organização pode dar uma força. Ela permite que, mesmo sem mudanças físicas na estrutura, o espaço e capacidade de armazenamento sejam ampliados. Além de permitir melhor circulação das máquinas, esse item também traz mais conforto aos funcionários que desempenham suas atividades dentro do galpão.
  • Agilidade
    Tecnologias de gestão e automação ajudam a localizar os produtos necessários com precisão e rapidez, aumentando a produtividade. Hoje, no mercado, existe uma infinidade de opções, com várias funcionalidades. Uma delas é o Picking-by-Voice, que nada mais é do que um sistema que permite que o operador faça a separação dos pedidos por voz, usando um fone de ouvido com microfone. Assim, ele fica com as mãos livres, sem a necessidade de papéis ou tablets, e pode manusear os itens do estoque com rapidez e precisão.
  • Minimiza erros
    Estoques desorganizados causam perda de tempo, dificultam a identificação de produtos e ainda podem causar perdas. Todos esses problemas podem ser resolvidos com o uso de sistemas, que permitem visualizar com clareza o que tem no estoque, o que saiu, quando irá ser recebido novamente, etc. Ele também pode ser integrado com outras áreas, como a da logística, melhorando ainda mais a gestão.


Agora você já sabe que administrar um armazém não é tarefa fácil, ainda bem que existem empresas de confiança para fazer esse trabalho por você, como a Supporte. Com quase 20 anos de experiência, contamos com uma estrutura completa, com soluções de ponta a ponta customizáveis que vão transformar o seu negócio.

Contamos com armazéns próprios nos principais hubs logísticos do país. São ambientes que contam com softwares e equipamentos de última geração, equipe treinada que segue processos certificados para uma gestão impecável, além de contarem com segurança 24 horas. Ou seja, com a Supporte, você hospeda seus produtos em armazéns de altíssimo nível e pode ficar tranquilo, focando no que realmente importa para você.

Venha conhecer mais sobre nossos serviços e descubra como podemos ajudá-lo! Clique no banner abaixo e saiba mais!